BLOG THIAGO DA NOTÍCIA

  • Twitter
  • Facebook
  • Google+
  • RSS Feed

sexta-feira, 3 de junho de 2022

PANELAS - PARÓQUIA DO SR BOM JESUS, COMEMOROU 156 ANOS DE FUNDAÇÃO, COM UMA MISSA SOLENE PRESIDIDA PELO O BISPO DIOCESANO DE GARANHUNS

Nenhum comentário:
 

 A celebração contou com a participação de vários padres e dos fiéis que comemoram a data que marca a criação da paróquia em 02 de Junho de 1866.



A Arquidiocese de Olinda e Recife, a elevou a então capela, para Paróquia do Senhor Bom Jesus dos Remédios, há 156 anos atrás, ao decorre do tempo a Paróquia pertenceu a Diocese de Pesqueira, em seguida foi transferida para Diocese de Caruaru, por fica mais próximo, e depois fixou para a Diocese de Garanhuns, onde hoje atualmente pertence.



A paróquia de Panelas tem como data de sua criação, o dia 02 de Junho de 1866, data em que é elevada a condição de paróquia a então capela do Senhor Bom Jesus dos Remédios, erguida após a chegada do Capitão Francisco Rodrigues de Mello no ano de 1783 a então Fazenda de Olho D’água das Panelas, que adquiriu de Alexandre Muniz de Mello, parente de Bernardo Vieira de Mello, a quem as terras haviam sido concedidas inicialmente. Como católico fervoroso, o capitão e fundador da povoação de Panelas fez uma promessa com o Bom Jesus dos Remédios, já que tinha sido acometido por um problema de visão em um dos olhos, e fez uma promessa ao Senhor Bom Jesus dos Remédios, que se ficasse curado, mandaria construir uma capela em sua homenagem e tendo conseguido alcançar o pedido, ele então ergueu a capela e mandou esculpir uma imagem do Bom Jesus dos Remédios para ser colocada no altar principal.



Conta a história que a imagem teria sido encomendada em Juazeiro da Bahia. O capitão pretendia construir a capela em Garanhuns; mas, devido a alguns problemas familiares, resolveu mudar-se para a fazenda, ao chegar próximo a Panelas, as pessoas que ficaram responsáveis por trazer a imagem não sabiam ao certo a localização da fazenda até pararem, ao tentar seguir viagem, a imagem não mais saiu do lugar, até que eles descobriram que tinham chegado ao destino final. A imagem foi então colocada no altar principal da capela, construída no final do século XVIII, a partir de 1791, posteriormente com a construção da capela, deu-se origem a um pequeno povoamento que deu origem mais tarde em Panelas.



Agora em 2022, a paróquia completa exatamente 156 anos de fundação, na noite desta Quinta-feira (02/06), uma missa solene foi celebrada pelo Bispo da Diocese de Garanhuns, Dom Paulo Jackson Nóbrega de Souza, na ocasião, o religioso lembrou que o templo representa a casa de Deus, mas, que teologicamente o sentido do templo se completa também não apenas nas paredes, mas, em nós mesmos somos templos vivos de Deus e destacou a importância dessa data e principalmente que o tempo, a igreja matriz é um símbolo do município e representa a toda a comunidade católica, a memória afetiva do povo que está em cada detalhe da igreja matriz e pontuou que casamentos foram feitos, crianças foram batizadas, crismas realizadas e que todos os detalhes são importantes e que é fruto do afeto e do carinho grandioso em cada detalhe, Dom Paulo fez a Dedicação da Igreja, e a Consagração do Altar, como uma forma de coroação, onde consagrou o tempo religioso,  Na sua homilia (reflexão) sobre o evangelho fez citações ainda, ao Apóstolo Paulo e a passagens do antigo testamento relatando a importância do templo para os primeiros povos cristãos em Israel.





O evangelho foi proclamado pelo Padre Poul Anderson na condição de cocelebrante, e trouxe uma reflexão sobre o evangelho extraído do Evangelho de João (Jo 2.13-25), que relata a passagem de Jesus no templo em Jerusalém.


Além do Bispo Dom Paulo Jackson que conduziu a celebração, que marcou o aniversário da Paróquia de Panelas, estiveram presentes a celebração várias autoridades religiosas: Padre Antônio Farias, da Paróquia da Cidade de São Benedito do Sul; Padre Vítor que é Vigário da Paróquia da Cidade de Itaíba; Padre João Paulo da Paróquia da Cidade do Brejo da Madre de Deus; Padre Marcelo Protásio da Paróquia da Cidade de Caetés e o Padre Danilo que é Vigário da Paróquia da Cidade de Jupi.



TEXTO: LEANDRO ALVES E THIAGO COROINHA 


FOTOS: THIAGO E ARQUIVO 


CENTRAL DE JORNALISMO BLOG THIAGO DA NOTICIA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 

© 2012. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff